Translate

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

memorias literárias - 368 - UM TEMPO DE MENTIRAS

UM TEMPO DE MENTIRAS




UM TEMPO
DE MENTIRAS
368
Um prefeito elege-se, prometendo não aumentar impostos. Após eleito, declara que irá "corrigir" o Imposto Predial e Territorial Urbano" (IPTU). Ao ser indagado se mentiu, disse: "Não; eu disse que não iria aumentar; disse que iria corrigir". Ao mesmo tempo os funcionários públicos pedem reajuste salarial, corrigindo o seu poder de compra. O governo, então, sob o pretexto de não "aumentar" salários, afirma que "corrigir" é "aumentar"; assim, os funcionários não poderão ter "correção". Mas os impostos sim!
Um dos grupos pró-empeachment, dos mais barulhentos, ergueu a bandeira brasileira, unindo os descontentes de norte a sul. Após a queda da presidente, guardaram a bandeira e ergueram os cartazes para a eleição. Conquistadas as cadeiras, alguns vestiram camisas até então escondidas, que os identificava como fankeiros, gays e outras ramificações ideológico-sociais, as mesmas que combatiam antes. Guardaram-nas durante o processo porque construiam uma identidade, uma personalidade, e mostrar o que realmente era poderia soar, digamos, "falso". (não seria uma "farsa"?)
Tempos muito difíceis. Tempos em que a palavra de um homem não vale um tostão furado. Tempos em que as pessoas tornaram-se zumbis ambulantes, vidradas num aparelho de celular, sem olhar a rua na hora de atravessar, sem perceber as pessoas ao redor. Tempos em que "youtubers" (gente que grava vídeos por conta própria) tornam-se "celebridades" no registro de suas excrescências intelecto-morais. Tempos em que pessoas de baixa renda tornam-se ricas não por trabalho ou pelos estudos, mas  gravando temas de pornografia. Agradecem "a Deus" pela bênção recebida. Cantam contra a moral, contra a mulher e contra a família, e, na contramão do que cantam, dizem amar e desejar sustentar as famílias!
Mentiras, mentiras, mentiras! Nesta semana a NASA despachou para o espaço uma sonda. Para os incautos, um mero satélite observador de um meteorito meio "perigoso". Mas na  CNN encontra-se matéria denunciadora: há um perigo profundo de uma colisão profunda dentro de alguns anos e a NASA está tomando "providências" enquanto há tempo, como naquele filme de meteoros. Mentem para não causar pânico. Pais mentem aos filhos para levá-los à escola, para obterem deles a concordância e o silêncio. Estamos a construir um mundo de mentiras. E a mentira tem um pai: SATANÁS. Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira. (Jo 8:44)
Enquanto me encaminhava para a igreja, ouvia um "pastor batista" no rádio. Celebridade, igreja milionária, doutor em inúmeras coisas, proclamava em sua prédica esta linda mensagem: quem oferta por gratidão, por compaixão ou por obediência não passa de um fraco, um vazio, um sem-noção. Nem Cristo foi obediente. Ele veio ao mundo porque quis, não porque o Pai mandou (sic). O jeito certo de ofertar é: estou ofertando porque quero; e daí? Pensei comigo: Não falta mais nada, meu Deus.... Para completar, numa revista missionária, vi um projeto com o nome de Jesus como se fosse nome de circo, onde irão vender "o panetone missionário". Era tudo o que a igreja precisava: uma empresa do circo de Cristo!
O que fazer num tempo destes? O que fazer num tempo em que os crentes deixaram-se contaminar pelo formato do mundo, cegados no entendimento pelo deus deste século, a viver vidas secas, rotas e esfarrapadas, como a dos gibeonitas, não porque não têm nada, mas porque teimam em morrer de sede à beira do Rio da Água da Vida! Têm a chance de uma vida produtiva, conectada em Jesus, mas conectados estão numa rede do mundo, da carne e do Diabo! O resultado todos conhecemos: templos da mentira cheios e abarrotados, com dinheiro e com mída. E os templos da verdade vazios, com bancos solitários e pregadores cansados. Cansados, mas não derrotados! Porque, um dia, tudo virá à tona!
O que a Bíblia nos diz como consolo e remédio?
Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa. (Ap 3:11). Guarda a tua boa teologia, não a abandone. Guarda o teu bom caráter; não te corrompa. Guarda a tua fé; não a comercialize! Guarda a tua integridade; não viva uma incoerência prática! Guarda a tua hora tranquila: buscar ao Senhor em oração e com bíblia vale muito mais do que "tuitar" ou "ser tuitado" a cada segundo! Guarda a tua mente; não a enchas do que não presta! Guarda a tua firmeza; não creia em tudo o que te é mostrado.
Deus está a estender o prumo sobre a Sua Igreja. Estejamos alertas. E não vivamos na mentira.
Wagner Antonio de Araújo
07/10/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário