Translate

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

memórias literárias - 153 - COMUNHÃO VERDADEIRA


 
153 -
COMUNHÃO
VERDADEIRA
Era um culto onde se celebrava a Ceia do Senhor. Enquanto cantávamos e ouviamos as palavras, a jovem Glair orava intimamente, no seu banco, com a mão sobre a testa e o cotovelo apoiado no joelho, num ato de contrição e ternura, com os olhos lacrimejando. Eu, um novo convertido, vi naquela cena a autêntica comunhão com Deus. Marcou de tal forma a minha vida que hoje, 35 anos depois, a relembro com emoção.
 
Mas a realidade é que a maioria de nós vive uma farsa em sua comunhão com Deus. Ora como se fosse uma máquina, só para cumprir o compromisso e deixar a consciência tranquila. E ora pouco, porque não vê nem resultado e nem sente absolutamente nada. De vez em quando um despertamento num culto, ou um rápido quebrantamento por causa de alguma experiência, mas tudo volta à estaca zero novamente.
 
Vida de oração é mais que isso! Orar é mais que passar tempo balbuciando palavras mágicas ou desejos nunca satisfeitos. Orar é mais que fingir comunhão. Orar é penetrar nas profundezas do mundo espiritual, numa busca autêntica da presença do Todo-Poderoso que, mesmo sendo grandioso, comunga com Suas criaturas que se apresentam contritas e quebrantadas. Ele diz que nós o encontraremos quando o buscarmos de todo o nosso coração.
 
Assim, para que a nossa oração neste dia tenha algum valor, tem que ser especial. Tem que ter um tempo dedicado. Deve ser feita em nome de Jesus, pois é Ele o único caminho para o Pai e para a comunhão com Deus. Tem que ser íntima, de coração, sem palavras decoradas ou clichês inóquos. Pode ser de um minuto ou de uma hora, mas tem que ser de coração. Tem que buscar a glória de Deus e não a sua própria glória. Tem que ser submissa à vontade de Deus e não obrigar Deus a fazer a sua própria vontade. Tem que apresentar o próximo em intercessão amorosa e não apenas os problemas pessoais. E tem que ser acompanhada de fé, de crença, pois sem fé é impossível agradar a Deus.
 
Que a oração deste dia atinja o coração de Deus e mova o nosso coração para uma comunhão viva e verdadeira.
 
Wagner Antonio de Araújo
Igreja Batista Boas Novas do Rodoanel em Carapicuíba, São Paulo, Brasil
OPBCB

23/02/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário