Translate

terça-feira, 8 de março de 2016

memórias literárias - 324 - HOMENAGEM A UMA MULHER

HOMENAGEM A
UMA MULHER
324
No último domingo, dia 08/03/2016, a Igreja Batista Boas Novas do Rodoanel em Carapicuíba, São Paulo, Brasil, surpreendeu a Elaine e a mim. Sem que soubéssemos, o departamento MCA-C (Mulheres Cristãs em Ação - Clássicas) preparou uma singela e linda homenagem à esposa do pastor. Presentearam-na com uma orquídea, uma caixa de doces e lindas palavras de apreço e incentivo. Elaine emocionou-se, agradeceu, e eu senti-me profundamente grato. Nunca a minha esposa havia recebido tal homenagem.
 
Homenageá-la foi um privilégio. E quero aproveitar aquela linda cena para homenagear a mulher que Deus me concedeu para ser minha esposa e mãe de nossa filha.
 
Elaine é uma mulher digna desse substantivo e adjetivo. Uma mulher em toda a essência da palavra. Uma mulher absolutamente feminina, dotada de beleza, de ternura, de delicadeza, de coragem, de persistência, de capacidade, de inteligência, de amor e de profunda sensibilidade. Elaine foi muito bem educada por outra mulher virtuosa, sua mãe Masumi Okada. Em seu lar aprendeu os valores da honestidade, da decência, do trabalho e do estudo. E ao converter-se a Cristo foi transformada numa mulher segundo o coração de Deus.
 
Elaine é uma mulher estudiosa. Estudou com dedicação e com responsabilidade em todos os ciclos naturais da educação no Brasil. Fez o primeiro e o segundo grau, cursou a faculdade, pós-graduou-se e tornou-se exímia profissional. Além disso, desenvolveu habilidades em francês e em inglês, e aplicou-se à música, buscando servir melhor ao Senhor Jesus Cristo, transformando-se em pianista/organista da igreja, além de conhecer flauta, violino, baixo e outras facetas da música. Em sua sede pelo saber buscou conhecer outras matérias, como contabilidade, eletrônica e teologia.
 
Elaine é uma mulher trabalhadora. Não mede esforços para realizar tudo o que lhe vêm às mãos. No serviço secular é exemplar e mantém uma personalidade marcante, de pensamento claro e atuação de liderança. Faz tudo com dedicação, buscando a excelência, e produz com eficácia. Nas tarefas domésticas é completa: sabe organizar, dinamizar, concretizar e criar eficientes sistemas de armazenamento e rotinas de trabalho. Nada é difícil para ela: se não sabe algo, procura conhecer e realizar. Para cada desafio Elaine sempre tem uma meta: atingir e superar. E, com a graça de Deus, tem conseguido resultados cada dia melhores.
 
Elaine é uma mulher generosa. Ela nunca fecha o coração para ninguém, a começar para o Reino de Deus. Uma dizimista fiel e ofertante amorosa, coloca o serviço do Senhor em primeiro lugar de seu orçamento. Esposa de um pastor cujos proventos são parcos, jamais enxergou essa dificuldade como pejorativa ou diminutiva da capacidade do cônjuge. Pelo contrário, encara tudo isso como uma dádiva do Senhor, unindo-se ao esposo no sustento do lar. Aos domésticos da fé jamais deixou de ajudar, dentro das suas limitações e possibilidades. E ao próximo nunca deixou de estender a mão, acreditando que é a vontade do Senhor servir com amor a todos que cruzam o seu caminho.
 
Elaine é uma mulher de oração e de consagração. Mantenedora de uma rotina diária de leituras bíblicas e de contínuas orações ao Senhor, Elaine destaca-se pela fé inabalável, pela obediência inquestionável à vontade do Pai e pela vida pautada nos valores espirituais de uma crente fiel. Possui íntima comunhão com Deus, permite-se encher do Espírito Santo a cada dia e tem sido usada por Ele na oração pelas pessoas. Ela crê no poder da oração acima do poder humano ou dos recursos materiais. Suas batalhas ela vence de joelhos, orando insistentemente ao Senhor, com toda a submissão. Elaine é uma heroína da fé.
 
Elaine não brinca com o pecado. Vive uma vida moralmente digna e distante de qualquer contato com a malícia, com os padrões vis deste mundo tenebroso. Elaine não se envolve em conversas tolas, chulas ou conflitos. Ela, como descendente japonesa, é comedida na fala e reservada nos contatos, mas completamente consciente de que não deve conformar-se com este mundo, mas pautar sua vida, palavras e pensamentos nos ensinos do Senhor Jesus Cristo. Estar ao seu lado, desfrutar de sua comunhão ou conversar com ela é motivo de alegria e oportunidade para o crescimento como ser humano e como cristão!
 
Elaine descobriu-se mãe virtuosa. Quando a nossa filha Rute Cristina Farias de Araújo nasceu, também nasceu a mamãe Elaine. Quanta ternura. "O segundo olhar mais lindo deste mundo é o da mulher olhando o filho tão querido" (canção do Pe. Zezinho). E, de fato, ver Elaine com Rute no colo, é um quadro que, pela beleza transmitida e pela bênção recebida, não tem preço! Elaine ama a Rutinha. Sofre com suas enfermidades, festeja as suas curas, a alimenta com total dedicação, passa as noites junto ao bercinho, cuida de sua cria com cuidado e esmero monumentais. Ela canta hinos para a filha, dá diariamente a bênção araônica para a Rute e mantém um clima cristão constante em tudo o que faz. Rute não poderia ter mãe melhor! Ao vê-la deixar Rute andar de cavalinho em seu pescoço rio-me e glorifico ao Senhor pelos bons momentos que minha pequenina vive ao lado de sua querida mãe!
 
Elaine é esposa maravilhosa. Deus colocou em seu coração amar-me. Fez dela a esposa por quem sempre busquei. Transformou-se em minha fiel ajudadora. Ela não é pastora nem nunca será, pois não cremos nisso. Mas confesso que, se não fosse ela ao meu lado, muitas vezes eu teria desistido. Ela é a Rute de Boaz, a Abigail de Davi e a Priscila de Áquila. Ela é muito mais do que pedi, muito mais do que mereço e muito mais do que eu poderia imaginar. Festeja as minhas festas, chora as minhas dores, mantém-se ao meu lado quando todos vão embora e transforma as noites frias sem luar em esplendores estrelados de um céu de brigadeiro! Elaine torna os meus desertos terra fértil, as minhas dores em prazer e as minhas lutas em vitória, sempre ao lado do Senhor!
 
Hoje, no DIA INTERNACIONAL DA MULHER, quando o mundo homenageia estas jóias da criação de Deus, homenageio aquela que transformou-se na rainha do meu coração, a companheira do meu ministério, a mãe de minha filha e aquela que mais amo neste mundo.
 
Je t'aime comme je ne l'ai jamais aimé personne!
 
Parabéns, amada Elaine Okada de Farias Araújo, a minha mulher nota mil!
Eu te amo!
 
 
Pr. Wagner Antonio de Araújo
08/03/2016


Nenhum comentário:

Postar um comentário