Translate

quarta-feira, 27 de julho de 2016

memórias literárias - 349 - ARRUME A MESA


ARRUME A
MESA!

349
Depois de um prolongado período de trabalho no escritório costumo entrar num dilema. Como continuar as atividades diante da bagunça que se instalou? São papéis, canetas, cds, bíblias, hds, furadora de papel, embalagens abertas, envelopes rasgados. Não consigo pensar direito e nem encontrar um ponto para reiniciar as atividades. Sou levado à faxina organizacional: interrompo tudo e organizo o material. Cada coisa de volta ao seu lugar. Embalagens usadas vão para o lixo; papéis soltos vão para as pastas específicas. Livros voltam para a biblioteca. Materiais de informática para o armário. Canetas e utensílios para os seus locais distintos. Então tomo a flanela e o álcool, limpo a mesa e sento-me. Dou um suspiro de alívio e, enfim, consigo enxergar um ponto para o recomeço. É o dia a dia de um escritório em plena atividade.
A vida assemelha-se à minha mesa. Ao longo do dia ou de um período deixamos diversos rastros de nossa atividade, de nossas decisões, de nossas atitudes. A mesa da vida fica cheia de coisas, de assuntos não resolvidos, de decisões pendentes, de lembranças boas e ruins, de situações fora do lugar. Há também muito lixo acumulado: são vivências que não deveriam ter acontecido, ou consequências de outras atitudes que tomamos. São iras sentidas, mágoas adquiridas, pecados que praticamos, saudades aprofundadas, compromissos não cumpridos. Há também uma pilha de coisas confusas e acumuladas, assuntos que nem tocamos. São contas não pagas,  telefonemas não dados, conversas que evitamos. Somos obrigados a resolvê-los, para, depois da solução, arquivá-los nas devidas pastas e darmos sequência à vida.
Precisamos arrumar a vida. Pecados devem ser confessados e abandonados: "Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça." (1Jo 1:9). Mágoas devem ser arrancadas do peito. São lixo. "Tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem." (Hb 12:15). Boas lembranças devem ser destacadas: "Quero trazer à memória o que me pode dar esperança. (Lm 3.21). Relacionamentos devem ser tratados como prioridade: "Deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai reconciliar-te primeiro com teu irmão e, depois, vem e apresenta a tua oferta." (Mt 5:24). Gratidão deve ser expressa a todos que alguma contribuição têm trazido à nossa vida: "E a paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em vossos corações; e sede agradecidos." (Cl 3:15). Dinheiro deve ser gasto com sabedoria e não com banalidades: "Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão? E o produto do vosso trabalho naquilo que não pode satisfazer?" (Is 55:2). O tempo deve ser usado com sabedoria, organização e urgência, pois é limitado e precioso: "Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças, porque na sepultura, para onde tu vais, não há obra nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria alguma. "(Ec 9:10); "Andai com sabedoria para com os que estão de fora, remindo o tempo. "(Cl 4:5). Por último, o Reino de Deus deve ter prioridade sobre o reino de nossas próprias vontades: "Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas." (Mt 6:33)
Como está a mesa de sua vida? Bagunçada como a minha mesa de trabalho ou organizada como deve ser a vida de um cristão? Procure arrumá-la, pois sem isso não se pode viver bem e nem encontrar a felicidade.
Agora com licença, pois preciso arrumar a minha mesa. Tenho que continuar o meu trabalho!
Wagner Antonio de Araújo

27/07/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário