Translate

sexta-feira, 5 de maio de 2017

memórias literárias - 446 - QUAL É A SUA VERSÃO

QUAL É A
SUA VERSÃO?
446
 
Na mesa com os colegas de serviço:
 
- Eu não vou fazer esse trabalho. Não sou obrigado! Quem o chefe pensa que é? Eu não ganho para isso! E se quiser terá que me pagar hora extra!
 
Na mesa com o chefe:
 
- Senhor, eu ainda não pude fazer, mas tão logo encontre uma brecha nos afazeres prontamente lhe entregarei a tarefa.
 
Diante dos filhos, em casa:
 
- Não quero ninguém a consultar páginas impróprias da internet; temos que ter respeito e essas coisas denigrem a nossa imagem diante dos homens e de Deus. Estou alertando, hein?
 
No computador do escritório, escondido, ele abre páginas de pornografia e entra nos batepapos virtuais com o nome de LEÃO FEROZ, buscando namoros virtuais.
 
Diante da família: mulher honrada, recatada, traz elogios ao marido, que soube escolher tão bem; no centro da cidade, numa mesa de lanchonete, a mesma mulher bebe uma cerveja e mantém um caso extra-conjugal com um ex-colega de trabalho.
 
Na igreja: bom professor, conhece a bíblia decór e salteado; responde às perguntas e ora com emoção. Na praça: deve no cheque especial, no cartão de crédito, para o agiota e não dá satisfações, tendo sido por três vezes processado. Agora hipotecou a casa e a família nem sabe...
 
No ministério: o pastor prega contra as roupas decotadas das mulheres, contra os namoros impróprios e metralha a falta de santificação. Nas férias: ele anda quase pelado, cobiça as moças que tomam sol na areia e passa a noite no bar jogando truco e bebendo.
 
Duas versões, na melhor das hipóteses. A versão que todos vêem e a versão que você conhece bem, a verdadeira. Quem é você?
 
Há muita gente escondendo-se numa casca, numa roupa, numa fachada, numa farsa. Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda a imundícia. (Mt 23:27)
 
Aquele que vive com duas versões de si mesmo não é um ser real. É um blefe, não merece o respeito próprio e nem o dos outros. Ele é uma farsa.
 
Frases que já ouvi: "Pastor, o meu marido só é crente aqui; o senhor não imagina as coisas que ele fala e faz dentro de casa!"
 
"Pastor, o meu filho, o do louvor, anda muito estranho. Eu recebi um whatsapp com sua foto na porta da danceteria a vomitar as bebidas que ingeriu com os amigos; o que podemos fazer?"
 
"Pastor, a minha mulher só sabe pregar sobre perdão. Mas ela diz que jamais me perdoará por aquele fato que aconteceu. Por que os crentes são tão enfáticos sobre o perdão de Deus e não conseguem perdoar os outros?"
 
"Pastor, o meu pai não é nada disso que o senhor vê aqui. Ele bate na minha mãe!"
 
Ah, quanta tristeza! Seres humanos de duas versões! Graças a Deus que o Senhor tem uma só versão a nosso respeito: a da verdade! Porém o SENHOR disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque o tenho rejeitado; porque o SENHOR não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o SENHOR olha para o coração. (1Sm 16:7)
 
Um dia, diante de Deus, toda a verdade virá à tona, e em público! Mas nada há encoberto que não haja de ser descoberto; nem oculto, que não haja de ser sabido. (Lc 12:2)
 
Não há como esconder-se da face do Deus que a tudo vê! Disse-lhe Natanael: De onde me conheces tu? Jesus respondeu, e disse-lhe: Antes que Filipe te chamasse, te vi eu, estando tu debaixo da figueira. (Jo 1:48)
 
Quantas versões nós temos? Não podemos nos enganar, criar ilusões ou duplas personalidades dentro de nós. Somos pecadores. Por isso merecemos o castigo divino. Não há nada pior do que cantar ou pedir: RESTITUI-ME, SENHOR, O QUE É MEU! Os incautos cantam e choram com essa bobagem. Sabe o que estão a pedir? RESTITUI-ME O CASTIGO ETERNO, O INFERNO E A CONDENAÇÃO! Antes, deveriam orar: NÃO ME TRATE CONFORME OS MEUS MÉRITOS, MAS CONSOANTE A TUA MISERICÓRDIA!
 
O salmista foi muito sábio ao apontar-nos o modo de orar: Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos.  E vê se há em mim algum caminho mau, e guia-me pelo caminho eterno (Sl 139:23-24)
 
A cada dia devemos dizer: SENHOR, DÁ-ME UMA ÚNICA VERSÃO DE MIM MESMO, A DE QUE NÃO MEREÇO A GRAÇA QUE ME CONCEDESTE.
 
Então, atingidos pela humilhação, seremos edificados na fé, entendendo que quem ama a Jesus deve também guardar os Seus mandamentos, e não dizer apenas que ama ao Senhor, sem obedecê-lo. Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada. (Jo 14:23); E por que me chamais, Senhor, Senhor, e não fazeis o que eu digo? (Lc 6:46)
 
Prezado leitor, livre-se da segunda versão. Confesse o seu pecado, abandone-o e converta-se. Não adianta esconder-se. A verdade um dia virá à tona. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. (1Jo 1:9); O que encobre as suas transgressões nunca prosperará, mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia. (Pv 28:13)
 
Que Deus nos ajude a sermos crentes de uma só versão.
 
Wagner Antonio de Araújo

05/05/2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário