Translate

segunda-feira, 29 de maio de 2017

memórias literárias - 456 - OLHEI E VI

OLHEI
E VI

 
456
 
"Eis que olhei e vi.
 
No alto do céu, no meio do azul, um gigantesco tentáculo descendo com curvas e voltas por toda a parte. Um tentáculo escuro, viscoso e cheio de ramais, tentáculos menores, todos longos, grossos e assustadores.
 
Um deles entrava pela torre do canal de TV. Nas casas em que havia televisão o tentáculo saía, enrolando-se pela cabeça dos telespectadores, tapando os seus olhos e penetrando pelos ouvidos, chegando ao cérebro.
 
Outro penetrava pela torre de telemóveis, dos celulares. Propagava-se pelo ar, entrando pelos celulares dos consumidores. Estes, de olhos fixos para os ecrãs, recebiam bem no fundo dos olhos a penetração do tentáculo; outros, com o ouvido atento, o recebiam pela audição. Ainda outros através do consumo de produtos, sacando dinheiro das contas, entregando-os aos empresários movidos pelo tentáculo.
 
Havia outro mais assustador ainda. Ele penetrava pelas prensas dos jornais. Em cada página estampava frases que, ao serem lidas, geravam na mente um portal de penetração do tentáculo, amarrando a todos com o poder emanado deste sombrio ser.
 
Vi ainda o tentáculo subir do púlpito das igrejas. Semelhantemente eclodia das guitarras, das baterias, dos microfones de vocais e do auditório religioso. Impressionante foi vê-lo a sair das bíblias modernas, as novas traduções em equivalência sociológica, que igualam o texto à realidade do público-alvo. Pequenos tentáculos agarravam-se aos versos adulterados, cegando a vista dos cultuantes.
 
Tal visão me trouxe grande receio.
 
E falei: "Senhor, o que é isso? O que significa, Deus bendito?
 
E o Espírito Santo trouxe-me à mente estes textos:
 
E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele. (Ap 12:9)
 
E foi-lhe permitido fazer guerra aos santos, e vencê-los; e deu-se-lhe poder sobre toda a tribo, e língua, e nação. (Ap 13:7)
 
E da boca do dragão, e da boca da besta, e da boca do falso profeta vi sair três espíritos imundos, semelhantes a rãs. (Ap 16:13)
 
Recebi o entendimento. Neste tempo do fim Satanás tentará de todas as formas escravizar o mundo, os reinos, os povos e até as igrejas de Cristo, no seu projeto maligno de consumir o cristianismo e os padrões morais das nações. E conseguiu, através da tecnologia, propagar os seus tentáculos com a facilidade da presença maciça e completa em toda parte, através da comunicação das redes. Ele entretém a todos. Dá a todos o que lhes faça deixar de pensar, de reagir, de construir. Aos festeiros dá festas; aos promíscuos dá pornografia; aos filósofos dá discussões e debates que levam do nada a lugar nenhum; aos corruptos dá vistas grossas aos magistrados; aos religiosos dá sinais e maravilhas para crerem na mentira. E, mediante esse poder maligno asfixia a verdadeira cristandade ainda presente no mundo. Estes, servidores do próximo, propagadores do Reino, anunciadores de boas-novas, acabam sucumbindo à solidão da contracultura, perdem o foco da luta pela pureza da mensagem e padrão bíblico de seus cultos. Satanás vai junto com cada um, levando seu self service de opções para entreter, para divertir, para gerar profundo e completo afastamento do genuíno altar de Deus (a oração submissa, a intercessão, o desvio do mal, o abandono do pecado, o cultivo da fé, a humildade da vida, a pureza de mãos e a autoridade das Escrituras Sagradas).
 
Perguntei: Senhor, há solução para isso? Afinal, a corrupção avassala o país, a Europa se destrói com o terrorismo que lhe chega, a América do Norte dividida abandona a fé cristã de seus pais e o mundo abandona o temor de Deus; há alguma solução?
 
Mais uma vez o Espírito Santo trouxe-me a Palavra:
 
Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado ainda. (Ap 22:11)
 
Porque a visão é ainda para o tempo determinado, mas se apressa para o fim, e não enganará; se tardar, espera-o, porque certamente virá, não tardará. (Hc 2:3)
 
Ora, quando estas coisas começarem a acontecer, olhai para cima e levantai as vossas cabeças, porque a vossa redenção está próxima. (Lc 21:28)
 
Portanto, estai vós também apercebidos; porque virá o Filho do homem à hora que não imaginais. (Lc 12:40)
 
O vento frio da montanha gelava-me o rosto. Já entardecia. E os tentáculos espalhados pela cidade, quiçá pelo mundo, continuavam ali, feios, horrendos e em plena proliferação. Mas vi também que nem todos estavam por ele dominado, pois havia gente liberta e que caminhava ereta e imune a este poder. Então olhei para mim e emocionei-me, pois nenhum tentáculo me envolvia, ainda que alguns estivessem bem próximos. Lembrei-me da Palavra:
 
Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe não caia. (1Co 10:12)
 
Porque, se Deus não poupou os ramos naturais, teme que não te poupe a ti também. (Rm 11:21)
 
Orei então:
 
Deus bendito, tem misericórdia de Teu povo! Aviva a Obra de Tuas mãos e santifica a Tua Igreja!
 
Foi então que, enquanto orava contrito, ajoelhado e, depois, prostrado, ouvi no coração esta inesquecível mensagem:
 
Todavia o fundamento de Deus fica firme, tendo este selo: O Senhor conhece os que são seus, e qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniqüidade. (2Tm 2:19)
 
Apartar-me-ei, pois, Senhor, da iniquidade. Glorifica o Teu nome em mim.
 
Amém".
 
 
Wagner Antonio de Araújo
29 de maio de 2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário