Translate

domingo, 23 de abril de 2017

A MESMA
ALEGRIA

 

 
443
 
Alegria que sente quando o seu time de futebol ganha um jogo.
 
Alegria quando uma menina de quem gosta aceita o seu pedido de namoro.
 
Alegria quando consegue uma colocação e aprovação no concurso prestado.
 
Alegria que experimenta no dia de sua formatura na faculdade.
 
Alegria quando um filho nasce com saúde tanto para si quanto para a mamãe.
 
Alegria quando retira da concessionária um carro zero quilômetro.
 
Alegria quando recebe no aeroporto um ente querido a quem tanto ama e que esteve distante por longo tempo.
 
Alegria quando o chefe o promove e lhe concede um salário bem melhor.
 
Alegria quando o médico lhe diz que venceu a enfermidade e que tudo vai bem com o seu corpo.
 
Alegria quando o seu candidato político ganha a eleição.
 
Alegria quando consegue pagar a última prestação da casa própria.
 
Alegria que expressa quando sai de férias.
 
Alegria que experimenta quando volta de viagem, após longo tempo ausente.
 
Eu queria ver essa alegria no seu rosto quando presta um culto a Deus. Queria ver essa mesma alegria quando está na Casa do Senhor, ao lado de seus irmãos, louvando e engrandecendo ao Criador. Eu queria ver tamanha alegria quando tomasse um envelope e nele depositasse a sua oferta generosa e o seu dízimo para o trabalho de Deus. Queria ver alegria ao passar pelas provações, tendo a consciência de que Cristo está junto de você. Queria ver alegria na celebração do domingo, no acordar cedo para ir à Casa de Deus, queria ver a alegria por cantar, por tocar, por reger, por ensinar, por pregar, por dirigir, por dar carona, por oferecer um almoço, por dar hospedagem aos santos do Senhor.
 
Sim. Eu queria ver essa alegria estampada em sua face e no brilho do seu olhar.
 
Eu queria. Mas, sinceramente, não vejo. Pelo contrário, vejo cansaço, vejo enfado, vejo sensação de tédio, de desinteresse. O brilho lá de fora nem de longe está presente no seu rosto enquanto serve ao Senhor.
 
E dizeis ainda: Eis aqui, que canseira!  ...  Aceitaria eu isso de vossa mão? diz o Senhor. (Ml 1:13)
 
Será que Deus vê alegria em você? Será que há alguma coisa tão excitante, emocionante e maravilhosa nas coisas de Deus que lhe faça a alma exultar na presença do Senhor? Acredito que, se houvesse, não seria apenas interiorizado, mas expressar-se-ia no olhar, na face, no sorriso e na alegria. Afinal, o coração alegre aformoseia o rosto. A alma satisfeita engrandece ao Senhor e o espírito tocado se alegra em Deus, o Seu Salvador.
 
O coração alegre é como o bom remédio, mas o espírito abatido seca até os ossos. (Pv 17:22)
 
Mas alegrem-se os justos, e se regozijem na presença de Deus, e folguem de alegria. (Sl 68:3)
 
Onde está a sua alegria? Em tudo aquilo que existe ANTES ou DEPOIS do culto? Então está na hora de reavaliar a sua verdadeira motivação e fé, pois desse jeito não será aceito. 
 
Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração. (Mt 6:21)
 
Alegrei-me quando me disseram: Vamos à casa do Senhor. (Sl 122:1)
 
Wagner Antonio de Araújo

23/04/2017, um dia antes do nascimento (se Deus quiser!) do meu segundo filho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário