Translate

terça-feira, 18 de agosto de 2015

memórias literárias - 231 - UM DIA

UM DIA
231
 
Qual de nós já não viveu um dia inesquecível? Quem de nós já não guardou uma
fotografia, dizendo consigo mesmo: “Ah, aquele dia... Tempinho bom, que não
volta mais...”
 
O primeiro dia importante de nossas vidas foi quando nascemos. Nenhum de nós
se recorda. Alguns mantém, em álbuns de fotografias, vídeos ou outros meios,
lembranças daquele instante maravilhoso. Não fosse o sucesso daquele dia,
não estaríamos aqui falando dele.
 
E o dia em que começamos a caminhar? O dia em que trocamos o peito materno
pelo prato de comida? O dia em que deixamos de engatinhar e passamos a
caminhar? O dia em que começamos a falar? O primeiro dia de escola? A
primeira festinha de aniversário?
Passa o tempo e outros dias importantes aparecem. O dia em que fomos a um
circo, a um cinema, a um parque de diversões. O dia em que perdemos um ente
querido, ou que ganhamos um irmãozinho, o dia em que arrumamos nosso
primeiro emprego, o primeiro salário. O dia do primeiro beijo, da primeira
declaração de amor, da primeira desilusão, da formatura escolar, da viagem
distante.
 
Nós nos lembramos de DIAS. A vida é feita de DIAS, não de anos. Os anos são
importantes. As épocas são importantes. Mas os DIAS são as frações de
história que marcam a nossa existência..
 
O salmista diz com muita segurança: “ESTE É O DIA QUE O SENHOR FEZ;
REGOZIJEMO-NOS E ALEGREMO-NOS NELE”
(Salmo 118.24). Cada dia é um milagre do
Altíssimo para a nossa felicidade. Devemos aproveitá-los ao máximo! Nosso
Senhor nos exorta: ”NÃO VOS INQUIETEIS COM O DIA DE AMANHÔ (Mateus 5.34a).
Cada dia é uma nova história. Há um amanhecer e um entardecer. Há uma aurora
e um ocaso. Há um começar e um terminar.
 
Nós, cristãos, temos dias que nos marcaram profundamente: o dia da
conversão, quando nossos pecados foram perdoados através do arrependimento e
da fé em Jesus Cristo. O dia do batismo, quando finalmente nos comprometemos
publicamente e definitivamente com o Senhor. O dia em que entramos no coral,
ou que fizemos um solo, ou que participamos de um culto inesquecível. O dia
em que um irmão em Cristo partiu para o céu, ou viajou para longe. O dia em
que descobrimos alguma verdade bíblica maravilhosa. Ah, quantos dias para
recordar!
 
E o futuro? Há dias importantes que ainda virão? Sem dúvida! Haverá dias de
alegria e regozijo, e outros onde o conforto e o consolo divinos serão
indispensáveis. Dias de festa, outros de luto. Dias de batalha, outros de
paz. Dias ensolarados, outros de tempestade. E, finalmente, o DIA DO SENHOR,
quando o encontraremos na glória além. Ou será o DIA DO ARREBATAMENTO,
quando seremos transformados e levados ao encontro do Senhor, ou ainda o
DIA
DA RESSURREIÇÃO
, quando, depois de mortos, sairemos da sepultura com corpos
glorificados? O DIA DA PARTIDA haverá de ser para cada um de nós não um dia
de tristeza, mas um dia de felicidade! Você já tem esta expectativa doce e
maravilhosa sobre a morte? Se não, saiba que só Jesus Cristo pode dá-la à
você!
 
QUE VOCÊ TENHA BONS DIAS POR TODA A SUA VIDA!

UM BOM DIA PARA VOCÊ!

 UM BOM DIA COM JESUS NO CORAÇÃO!
 

Pr. Wagner Antonio de Araújo

Nenhum comentário:

Postar um comentário