Translate

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

memórias literárias - 379 - A IGREJA ROMANA ACOLHE O ABORTO

 

 
A IGREJA ROMANA
ACOLHE O ABORTO
379

 
Não inventei a manchete.

Leiam em


http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2016/11/1834060-papa-francisco-estende-a-padres-poder-de-perdoar-o-pecado-do-aborto.shtml


É absolutamente incrível o que o "papa" Francisco acaba de fazer. Diz a matéria da Folha de São Paulo:
O papa Francisco anunciou nesta segunda-feira (21) que todos os padres poderão absolver o "pecado do aborto", tornando permanente uma medida temporária que foi instituída para o Jubileu da Misericórdia, que se encerrou neste domingo (20).
Segundo a matéria, somente alguns padres podiam decretar o perdão deste pecado, isto é, fazê-lo no lugar de Deus. Agora todo e qualquer padre pode agir como Deus e decretar o perdão do aborto para quem desejar. Vejam as palavras do Supremo Pontífice que é chamado OFICIALMENTE de "Santíssimo Senhor", "Cabeça da Igreja", "Vigário de Cristo":
"Para que nenhum obstáculo se interponha entre o pedido de reconciliação e o perdão de Deus, de agora em diante concedo a todos os sacerdotes, em razão de seu ministério, a faculdade de absolver a quem tenha procurado o pecado do aborto"...
Os pensamentos ebulem em minha mente. Por isso vou enumerar as questões para questionar.
1. Quem é o papa para dar algum poder de perdão de pecados aos sacerdotes? Ele é Deus? Ele é Jesus? Ele é o Espírito Santo? Não, não é. Assim, ele está blasfemando contra a Bíblia, o livro sagrado de sua própria e suposta fé.

Eu sou o Senhor; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura. (Is 42:8)
E os escribas e os fariseus começaram a arrazoar, dizendo: Quem é este que diz blasfêmias? Quem pode perdoar pecados, senão só Deus? (Lc 5:21). Somente um pôde responder a isto:Ora, para que saibais que o Filho do homem tem sobre a terra poder de perdoar pecados (disse ao paralítico), a ti te digo: Levanta-te, toma a tua cama, e vai para tua casa. (Lc 5:24)

 
2. Quem é o papa para tomar o lugar do Justo Juiz e julgar em lugar dEle? Ele não é ninguém! Contudo, assim como Lúcifer, o iníquo, procura tomar o lugar de Deus.  
 
O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus. (2Ts 2:4)
Vós, porém, não queirais ser chamados Rabi, porque um só é o vosso Mestre, a saber, o Cristo, e todos vós sois irmãos. (Mt 23:8)
E proferirá palavras contra o Altíssimo, e destruirá os santos do Altíssimo, e cuidará em mudar os tempos e a lei; e eles serão entregues na sua mão, por um tempo, e tempos, e a metade de um tempo. (Dn 7:25)
 
3. Quem são os  supostos sacerdotes católicos? São uma aberração na instituição romana, distantes completamente dos princípios do Novo Testamento, que ABOLIU o sistema sacerdotal existente no Velho Testamento e instituiu apenas um SUMO-SACERDOTE, mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo.
Nem também para a si mesmo se oferecer muitas vezes, como o sumo sacerdote cada ano entra no santuário com sangue alheio; (Hb 9:25)
Assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação (Hb 9:28).
Cristo foi sacrificado ÚMA ÚNICA VEZ, definitiva e suficiente. Já os sacerdotes romanos MATAM Cristo missa após missa, no chamado SACRIFÍCIO NÃO CRUENTO. Isto tem nome: BLASFÊMIA.
Porque a lei constitui sumos sacerdotes a homens fracos, mas a palavra do juramento, que veio depois da lei, constitui ao Filho, perfeito para sempre (Hb 7:28)
Dizendo Nova aliança, envelheceu a primeira. Ora, o que foi tornado velho, e se envelhece, perto está de acabar (Hb 8:13)
Asim, não há espaço na Nova Aliança, no Cristianismo, para SACERDOTES, pois temos um único sumo-sacerdote, que vive para sempre.
Onde Jesus, nosso precursor, entrou por nós, feito eternamente sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque (Hb 6:20)
Quem é o papa diante do SUMO SACERDOTE JESUS?
 
4. A argumentação "O que ligares na Terra será ligado no Céu" não é autorização para nenhum líder religioso legislar ou julgar em lugar de Deus, que não reparte a Sua glória com ninguém.
E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus. (Mt 16:19)
Esta palavra de Cristo a PEDRO não dizia respeito a ele, mas à declaração que fizera anteriormente: TU ÉS O CRISTO, O FILHO DO DEUS VIVO. Assim, esta declaração ligaria ou desligaria no céu aqueles que crêem e não ligaria os que não crêem. Foi extensiva aos demais apóstolos:
Em verdade vos digo que tudo o que ligardes na terra será ligado no céu, e tudo o que desligardes na terra será desligado no céu. (Mt 18:18)
Logo, Pedro era um IGUAL aos demais, não o SUMO APÓSTOLO, como o papa supõe ser, e dele ser sucessor!
LIGAR NA TERRA é evangelizar e conduzir o pecador à conversão. DESLIGAR é reconhecer sua liberdade de rejeitar a mensagem e, por isso, manter-se sob a condenação divina.
Aquele que crê no Filho tem a vida eterna; mas aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece (Jo 3:36)
 
5. ABORTAR é MATAR. Logo, quem aborta é um ASSASSINO e a Bíblia diz que os assasinos NÃO HERDARÃO O REINO DE DEUS. Quem é o papa para intervir e arbitrar contra a revelação divina? Ele manda no universo e decreta novas normas ao Todo-Poderoso?
 
Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira. (Ap 22:15)
Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira. (Ap 22:15)
E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras. (Ap 20:12)
Se as obras estão ESCRITAS, quem será o papa para RISCÁ-LAS?
 
6. Muitos católicos romanos, incluindo sacerdotes, defenderam ao longo de séculos a condenação do crime de aborto. O que será deles? Serão excomungados? Edos condenados, serão todos absolvidos? Sairão do inferno e caminharão para o céu porque o decreto do papa é infalível?
Será que as instituções aceitarão a armadilha que este papa preparou para a sua igreja? Um decreto papal pode mudar a moralidade e o conceito de certo ou errado da mente da maioria dos católicos?
 
7. Será que os institutos católicos contrários ao aborto irão adotar a prédica de Francisco em seus tratamentos públicos? Porque, com a decisão do papa, tornou-se simples abortar: a mulher aborta, vai ao sacerdote, recebe a absolvição e continua a vida como se nada tivesse acontecido. E se quiser abortar novamente, a absolvição estará ali disponível como um sacramento, como um bem inesgotável, onde o Todo-Poderoso se torna refém do poder da feitiçaria religiosa dos Seus sacerdotes. A institucionalização da ABSOLVIÇÃO é apenas uma forma camuflada de agredir a própria fé católica, e, muito mais, a fé cristã dos que não trocam a Bíblia Sagrada pelo Sagrado Magistério de um suposto substituto de Cristo na Terra!
Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro; (Ap 22:18)
O que o papa fez foi AGREDIR a Palavra de Deus!
 
O que a Bíblia fala sobre o aborto?Algo muito simples. Não matarás. (Ex 20:13). E quem matar a alguém certamente morrerá. (Lv 24:17).
Há esperança para quem praticou o aborto? Somente uma: a conversão a Cristo. E por que? Porque Cristo, na cruz do Calvário, fez-se sacerdote e sacrifício, assumindo sobre Ele a culpa pelo pecado de toda a humanidade; isto inclui a todos, até as que abortaram. Somente Ele pode PAGAR pelo pecado; pecados não são ABOLIDOS. Eles custaram o sangue do Cordeiro de Deus.
E somente a conversão genuína poderá APAGAR os pecados de cada um de nós, colocando-os em Cristo, que, por graça e amor, nos redime, nos salva e nos purifica:
Seja-vos, pois, notório, homens irmãos, que por este se vos anuncia a remissão dos pecados. (At 13:38)
Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a remissão das ofensas, segundo as riquezas da sua graça, (Ef 1:7)
Para lhes abrires os olhos, e das trevas os converteres à luz, e do poder de Satanás a Deus; a fim de que recebam a remissão de pecados, e herança entre os que são santificados pela fé em mim. (At E eles disseram: Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa. (At 16:31)26:18)
Para isso não há nenhum intermediário humano. Cristo proveu perdão PELA FÉ EM SEU NOME.
 
E um detalhe sobremodo importante: quem for PERDOADO por Cristo através da conversão NÃO ANDARÁ MAIS NA PRÁTICA DO PECADO, pois, do contrário, não houve perdão ou regeneração real.
Depois Jesus encontrou-o no templo, e disse-lhe: Eis que já estás são; não peques mais, para que não te suceda alguma coisa pior. (Jo 5:14)
E ela disse: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu também te condeno; vai-te, e não peques mais. (Jo 8:11)
Qualquer que permanece nele não vive pecando; qualquer que vive pecando não o viu nem o conheceu. (1Jo 3:6)
 
INFELIZMENTE ROMA É SEMPRE A MESMA!
 
O EX-PADRE ANÍBAL PEREIRA DOS REIS CONTINUA ATUAL EM SUA LITERATURA APOLOGÉTICA. INFELIZMENTE ROMA NÃO MUDA!
 
Como cristão, como evangélico e como batista clássico, eu digo: ANÁTEMA aos dizeres do papa! ANÁTEMA a quem toma o lugar de Deus no mundo! ANÁTEMA aos inimigos do Calvário! ANÁTEMA a quem quer sentar-se no Trono de Deus e tomar o Seu lugar!
 
Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. (Gl 1:8)Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema. (Gl 1:9)
 
Wagner Antonio de Araújo

21/11/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário