Translate

terça-feira, 5 de março de 2013

memórias literárias - 28 - SE EU MORRESSE AMANHÃ


28 - SE EU MORRESSE AMANHÃ
Se eu morresse amanhã, gostaria de fazer do dia de hoje o mais feliz de minha vida. Gostaria de rever todos os meus amigos, todos os meus irmãos em Cristo, e conversar demoradamente com cada um. Gostaria de passar bons momentos com minha mãe, conversar bastante com meu irmão, cunhada e irmã adotiva, e viver romanticamente um maravilhoso jantar com minha namorada.

Se eu morresse amanhã, gostaria de gastar grande parte do dia semeando as boas-novas do Evangelho. Gostaria de sair com um pacote de folhetos na mão, distribuindo-os pelas casas, nas esquinas, nos bares e aglomerações humanas. Gostaria de dizer aos meus parentes tudo quanto Jesus fez em meu coração, perdoando-me, salvando-me, transformando-me e incumbindo-me de levar as boas notícias do amor de Deus em Cristo. Gostaria de pregar ao ar-livre uma mensagem bíblica, evangelística, repleta de emoção e autoridade espirituais. Gostaria de dizer a todo o mundo que sou um crente!

Se eu morresse amanhã, passaria grande parte do dia orando. Mas não seria uma oração morta, uma reza. Seria um autêntico e fervoroso encontro com Deus. Diria ao Senhor o quanto eu o amo, o quando eu o glorifico por tudo o que fez e por tudo o que planejou para o futuro. Confessaria todos os meus pecados ocultos, arrepender-me-ia de cada um deles, e pediria ao Senhor que me aceitasse assim mesmo, de mãos vazias. Comprometer-me-ia em dar o melhor de mim nestas horas derradeiras, vivendo plenamente minha nova vida em Cristo. Oraria pela conversão dos meus amigos, parentes e desconhecidos. Clamaria a Deus pelo Brasil, para que Ele curasse esta ferida nacional que não sara, que faz o nosso povo sofrer tanto. Suplicaria pela conversão de cada concidadão, pediria para que o Evangelho se alastrasse de norte a sul, transformando o país numa autêntica nação cristã.

Se eu morresse amanhã, cantaria todos os hinos que conheço. Ainda que ninguém tocasse p’ra mim, cantaria à capela mesmo, sem música. Cantaria os hinos dos hinários cristãos, corinhos jovens, hinos de coral, músicas de programas evangélicos que aprendi no rádio, cantaria com toda a minha voz, pelas ruas e pelas praças. Cantaria sem me envergonhar. Ouviria todos os meus discos cristãos, ouviria cultos antigos que gravei ao longo da vida. Escolheria três pregações e as ouviria novamente.

Se eu morresse amanhã, não ficaria esperando a morte dormindo. Não deitaria num leito mórbido, aguardando a hora derradeira. Teria certeza de que meu Senhor me aguardaria na outra margem do Rio Jordão, além da morte. Ficaria servindo ao meu Senhor até o final. Fosse pregando, fosse orando, fosse evangelizando, fosse cantando, fosse visitando, fosse mantendo comunhão com os irmãos, gostaria de morrer servindo-o. Se assim fosse morreria feliz. Feliz porque teria certeza de minha salvação, pois minha vida foi entregue exclusivamente a Jesus Cristo, desde o dia em que me converti a Ele.

Se VOCÊ morresse amanhã, o que faria? Ficaria desesperado? Correria freneticamente sem parar? Cuidaria para gastar todo o seu dinheiro, não deixando nada para a família? Acertaria a conta com os seus credores? Cobraria os devedores? Se submeteria a qualquer ritual que lhe desse alguma expectativa de viver um pouco mais? Contaria cada segundo, cada minuto, com o coração na mão, aterrorizado com a foice que a morte logo traria, para ceifá-lo deste mundo para sempre?
 EU e VOCÊ morreremos algum dia. Porém eu morrerei feliz, pois Jesus Cristo me salvou, através de sua morte na cruz. A dívida que Deus me cobraria no além foi paga por Cristo em Sua morte. Quando eu chegar até Deus, Jesus mostrará ao Pai a conta paga e me conduzirá ao céu, ao Paraíso, à Nova Jerusalém. Tal perdão eu ganhei no dia em que confessei meu pecado ao Salvador e implorei o seu perdão e amor. Cri em Sua palavra, aceitei-o como Senhor e Rei de minha vida, e hoje vivo para Ele, para o Seu louvor. Se você confessar os seus pecados a Ele, reconhecendo-se incapaz de salvar-se, e implorar o perdão de Deus, Ele com prazer irá salvá-lo. Disse Jesus: “Vinde a mim todos vós que estais cansados e sobrecarregados, e Eu vos aliviarei”.(Mateus 11.28).

Eu não sou melhor do que você. Não mereço outro lugar senão a eterna separação de Deus, pois sou um pecador, como você também o é. A Bíblia diz que todos somos pecadores (Romanos 3.23). Mas assim como eu confiei em Cristo e lhe dei a minha vida, você também poderá fazê-lo neste instante, esteja onde estiver. Ele disse certa feita: “Na verdade, na verdade vos digo que, quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em juízo, mas passou da morte para a vida”. (João 5.24). Não há outro remédio, nem outro caminho. “Eu (Jesus) sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim”. (João 14.6).

Não espere amanhã para começar a viver melhor. Entregue-se a Cristo e viva feliz hoje, com perspectiva de uma eternidade feliz e realizada. Você pode. Faça-o. Que Deus o abençoe. Amém.

Pr. Wagner Antonio de Araújo
Igreja Batista Boas Novas, Osasco, SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário