Translate

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

memórias literárias - 116 - SIM, SIM; NÃO, NÃO.

116 -
SIM, SIM,
NÃO, NÃO.
Se disse que iria ligar, ligue.
Se falou que iria visitar, visite.
Se disse que faria, faça.
Se disse que não faria, não faça.
Se informou que não estaria, não esteja.
Prometeu levar? Então leve. Ameaçou não fazer? Não faça.
Disse que cria? Então creia. Falou que descria? Não tema.
Comprometeu-se a orar? Então ore. Falou que leria? Então leia.
Disse que gostava? Então prove. Falou que não aprovava? Não cobice.
Ensinou que não devia? Então não pratique.
Falou que era indispensável? Então não dispense.
Afirmou que praticava? Então pratique.
Disse que abominava? Então nem olhe.
Comprometeu-se a pagar? Não deva.
Não tem com que pagar? Não compre.
Declarou fidelidade? Não traia.
Renunciou? Não volte atrás.
Anunciou? Cumpra.
O que passar disso é de procedência maligna.
E Deus não volta atrás. Ele cumpre o que fala.
Wagner Antonio de Araújo

Nenhum comentário:

Postar um comentário