Translate

quarta-feira, 27 de maio de 2015

memórias literárias - 187 - ATENÇÃO PARA OS AMIGOS


ATENÇÃO
PARA OS
AMIGOS
187
O amigo de trabalho avisa: estou saindo e vou para outra cidade. Você imagina: em cinco anos prometi várias vezes que iríamos almoçar juntos e nunca tive tempo! O pai morre e o filho descobre que não deu a ele a atenção devida. A esposa pede o divórcio e agora o marido desespera-se em busca de terapias fantasiosas que lhe cubram todo o tempo que perdeu em desatenção.
Somos egoístas e pensamos muito mais em nós mesmos do que nos outros. Os outros estão sempre em segundo plano. Alguém nos escreve e nós deixamos para responder quando e se tivermos algum tempo de sobra, algum resto para investir. Se não tivermos damos a constante desculpa: "estava muito ocupado, muitos compromissos, entupido de afazeres". E assim os filhos se afastam dos pais, os pais dos filhos, os amigos dos amigos e os crentes da igreja. Há pastores que só pensam em si, esquecem-se dos membros e dos colegas e depois reclamam do ministério.
Precisamos dar atenção às pessoas! A regra máxima do cristianismo é amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos. Amamo-nos tanto que tomamos banho, engolimos remédios, fazemos refeições, buscamos o lazer e tentamos desfrutar de conforto. Se fazemos assim conosco, devemos fazer pelos outros também. Porque amar aos outros como a nós mesmos exige maior atenção, maior destaque, maior investimento.
Telefone para os seus amigos sem ter outro interesse senão saber como estão. Responda os e-mails que lhe foram dirigidos com consideração e dedicação. Lembre-se de datas especiais na vida dos demais. Não relegue a atenção apenas ao seu tempo livre que nunca virá. Não engane e não se engane, você não faz mais porque não quer. Querer é poder. Assim, se quiser, poderá dar aos seus amigos muito mais do que dá hoje. Reclamamos que fomos esquecidos, mas de quantos também nos esquecemos? É a lei da colheita. Agora, se não for essa a causa, creiamos: temos um amigo mais chegado que um irmão, que não nos abandona como os demais. É Jesus Cristo, o nosso Salvador!
Faça hoje com que o dia valha a pena, dando aos amigos a atenção que gostaria de receber.
Wagner Antonio de Araújo
Igreja Batista Boas Novas do Rodoanel em Carapicuíba, São Paulo, Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário