Translate

sexta-feira, 29 de maio de 2015

memórias literárias - 192 - FAÇA O SEU PRÓPRIO CULTO


 
FAÇA O
SEU PRÓPRIO
CULTO
192

 
Tarde de domingo. Depois do almoço farto, três cervejas e muita praia, Carlos decide acompanhar um culto. Afinal, é crente. Não, não irá à igreja. Ir à igreja é algo obsoleto numa era de tecnologia e virtualidade. Ele buscará o site "FAÇA O SEU PRÓPRIO CULTO", ou "Culto Automático", a mais feliz idéia que alguém já teve.
 
Ele digita. www.facaoseuproprioculto.com . O site abre um arquivo bonito em flash e apresenta as mil vantagens de ser um cadastrado no sistema. Ele já o é. Faz o login e logo aparece o menu:
 
1- PRELÚDIO
2- ORAÇÃO INVOCATÓRIA
3- HINOS E CÂNTICOS
4- APRESENTAÇÕES ESPECIAIS
5- MOMENTO DAS OFERTAS
6- LEITURA BÍBLICA RESPONSIVA
7- PREGAÇÃO
8- PRODUTOS PARA COMPRAR
9- BÊNÇÃO APOSTÓLICA
10- POSLÚDIO
11- UM CHAT PARA CONVERSAR COM OUTROS CULTUANTES.
 
Carlos está ansioso. Clica em PRELÚDIO. Aparecem várias opções: Bach ao órgão, Chopin ao piano, Haendel com direito a sinfonia, hinos clássicos americanos etc. Dentre as 459 opções ele escolhe ouvir SANTO, SANTO, SANTO ao som de piano e órgão.
 
Segue para o ítem 2, ORAÇÃO INVOCATÓRIA. Na lista ele tem temas para essa oração: oração para a manhã, para a noite, para o inverno e as outras estações, oração em dias difíceis, em dias de gratidão. Orações com pastores, bispos, missionários, leigos e até com homens públicos. Ele escolhe uma oração de outono com tema livre.
 
No ítem 3 é necessário escolher o número de hinos e de cânticos. Ele escolhe 2 hinos e 2 cânticos. Os hinos podem ser selecionados de uma lista de 5 mil, de todos os hinários disponíveis. Tais hinos podem ser tocados, cantados, à capela ou apenas escritos, em silêncio. Ele escolhe um da Harpa Cristã, outro do Cantor Cristão e dois cânticos de Vencedores Por Cristo.
 
No ítem 4, APRESENTAÇÕES ESPECIAIS, ele precisa pesquisar. Pode escolher até 3 números. Ele escolhe um hino com Luiz de Carvalho, outro com o Prisma Brasil e mais um com HillSong. Queria adicionar um Michael Smith, mas naquele instante o fluxo de ítens desse cantor estava travado, pois muita gente também selecionara.
 
No ítem OFERTAS ele foi direcionado a uma página que lhe dava opção para contribuir para uma lista de igrejas cadastradas ou diretamente para os pastores e ministros de que mais gostasse. Em seguida escolheu a modalidade, o cartão de crédito, e armou todo o processo para usar no momento certo. Enfim, anotou a quantia.
 
Enquanto terminava de tomar a última caipirinha, preparada pela esposa, ao som de um funk gospel que tocava no programa de TV, ele foi para o ítem LEITURA RESPONSIVA. Como não é chegado à leituras, escolheu um Salmo bem pequeno. Assim, em 3 atos está encerrado o processo.
 
Agora a questão é PREGAÇÃO. Verifica a lista de pregadores. Ele pode escolher entre neopentecostais, pentecostais, tradicionais, ecumênicos, arminianos, calvinistas e fundamentalistas. Pronto. Agora escolhe a temática: VITÓRIA - DESAFIO - CURA - CONSOLO - AMOR E PAIXÃO - HUMOR - AUTO-AJUDA etc. Optou pelo HUMOR, pois queria sentir-se bem para terminar bem a noite.
 
No ítem PRODUTOS PARA COMPRAR, escolheu o tema FÉRIAS GOSPEL, para verificar quanto está o custo de acampamentos, retiros e resorts com temas evangélicos.
 
A bênção apostólica ele optou por tê-la com carrilhão da catedral evangélica, com o reverendo paramentado com roupa de gala.  O chat ele não conseguiu acessar, pois só abre após rodar o culto.
 
Pronto. Tudo programado. O site orienta: desligue a TV, tire a bebida e a comida de perto, deixe a luz bem branda e entre no clima. Aperte INICIAR para começar o seu FAÇA O SEU PRÓPRIO CULTO.
 
E foi o que fez. Flores caíam na tela do computador e uma sinfonia americana dava as boas vindas. Em seguida os ítens escolhidos entravam automaticamente, com um personagem eletrônico quase humano a fazer as transições. Em uma hora ele conseguiu prestar o seu culto e sentia-se na plena paz do Senhor. Entrou no chat para papear com uns desconhecidos e contar algumas piadas picantes. Foi bom, valeu a noite.
 
Poderia dormir tranquilo, pois cumprira com a sua consciência o seu dever religioso. No próximo domingo faria outra seleção, para poder variar. E assim seguiu, feliz da vida pelo jeito moderno de ser evangélico, gospel e crente. Uma fé sem gente, talvez uma fé sem alma e sem Jesus.
 
obs: isto AINDA é uma ficção. Mas não vai demorar muito para ser verdade.
 
 

 
 
 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário