Translate

sexta-feira, 26 de junho de 2015

memórias literárias - 221 - ONDE ESTÃO OS PROFETAS?


ONDE ESTÃO
OS PROFETAS?
221

A voz de David Wilkerson calou-se. Era ele um profeta do Senhor para os dias modernos, em que os Estados Unidos da América afasta-se do Senhor completamente. Ele denunciava, imprecava, rogava juízo divino, clamava por arrependimento, chorava, profetizava. Conquanto pentecostal (e eu sou avesso ao movimento por convicção), era alguém acima de qualquer conceito sectário dentro da autêntica fé cristã: ele proclamava o "assim diz o Senhor". Conhecido internacionalmente, circulava nos meios políticos, artísticos e midiáticos, sempre como um homem de respeito e de profunda integridade. Fundador do maior movimento de resgate dos drogados no mundo (DESAFIO JOVEM), vivia pela fé, não se enriquecia financeiramente da fé e viveu cada um dos seus dias como um profeta (proclamador, denunciador, arauto de Deus), doesse a quem doesse.
 
E agora, quem profetizará? Os Estados Unidos aprovaram o casamento gay para toda a América. Onde estão os profetas? Não estão. Estão ocupados demais com suas megaigrejas, com seus sistemas de arrecadação de fundos e de concorrência com outros ministérios. Estão muito ocupados com a venda de produtos, revistas, sinais de tv a cabo e outras coisas. Os candidatos ao governo americano impõem uma agenda contra o cristianismo, claramente hostil à cruz e ao Senhor. E os profetas? Eles não ligam, desde que tenham verbas e autorizações para continuarem com seus impérios e sua performance de pajés da grande aldeia americana.
 
E no Brasil? Conquanto tenhamos uma manifestação na Câmara dos Deputados há dias atrás contra as manifestações dos militantes GLBTS, e conquanto tenhamos um ou outro falso profeta gritando contra essa ou aquela propaganda (pastores muito populares com telhados de vidro, que enquanto clamam contra a militância fazem suas mazelas e seus pecados diante das câmeras), não observamos nada mais, apenas um ensurdecedor silêncio. Onde estão as ordens de pastores, as convenções, as associações cristãs, as missões, os grandes ministérios deste país? Estão cuidando de suas próprias casas, tentando sobreviver ou crescer, fazendo vistas grossas ao progresso da sodomia, à legalização do aborto, à destruição das famílias pela recepção de programas moralmente podres e espiritualmente malignos. Não há mais vozes proféticas. Não há mais quem clame contra o pecado. Não há mais quem se incomode com o mal. A regra hoje é "tolerância na diversidade". Maldita tolerância contra o pecado!
 
Ah, Senhor, manda-nos profetas! Levanta homens que não temam outra coisa senão o Senhor e que tenham coragem de alçar suas vozes pelos púlpitos, pelos lares, pela internet, pelos vídeos, pela TV, pelo rádio, pelo jornal, pelas ordens de pastores, pelos ministérios  e por todos os meios, denunciando o pecado, imprecando os governantes malignos, conclamando o arrependimento nacional, implorando ao povo que volte o seu olhar para Deus, para Cristo, para o Céu! Ah, Senhor, estamos num vazio cristão neste mundo e neste país! Levanta os Teus profetas!
 
Wagner Antonio de Araújo, um mísero grão de areia num oceano de gente, mas alguém que insiste em não se calar, face ao pecado desta Nação.

26/06/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário