Translate

quinta-feira, 6 de julho de 2017

memórias literárias - 462 - O AMOR - SÉRIE: O FRUTO DO ESPÍRITO

O AMOR
 
Série: O FRUTO
DO ESPÍRITO
 

 
Olá! Aqui é o Pastor Wagner Antonio de Araújo.
Encontramos o seguinte texto na Palavra de Deus: Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, domínio próprio. (Gl 5:22)
Já meditamos sobre o que significa fruto do Espírito: é o sintoma de que Cristo habita em nós e de que somos novas criaturas, geradas por Deus para a vida eterna. Tal se dá no dia em que entregamos o coração para Cristo. Ele disse:
Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo. (Ap 3:20)
O fruto pode ser comparado a uma mexerica (tangerina): tem vários gomos ou bagos. Não são muitas frutas, mas vários gomos da mesma fruta. Assim também é o fruto do Espírito: várias características de Cristo, presentes em nosso coração, mostrando que somos dEle e que Ele está em nós!
Ninguém jamais viu a Deus; se nos amamos uns aos outros, Deus está em nós, e em nós é perfeito o seu amor. (1Jo 4:12)
E é exatamente este o primeiro gomo do fruto do Espírito Santo no crente: o amor!

Não se trata de um amor qualquer. Em grego há palavras específicas para tipos específicos de amor. A palavra aqui usada é AGÁPE, cujo significado é: um amor tão grande, tão altruísta, que é capaz de doar a própria vida pelo objeto do amor; não procura recompensa; é duradouro e nunca acaba. Que maravilhoso é esse amor!

Quem tem Cristo como Salvador o experimenta. Jesus nos transforma e nos capacita a amar. Primeiramente amamos a Deus, que nos criou, que nos sustenta e que enviou o Seu Filho Jesus Cristo para pagar o preço pelos nossos pecados. Ao contemplarmos a cena da cruz, em nossa mente, a expressão máxima do amor de Cristo por nós, somos levados a agradecer imensamente por tão grande salvação. E, em seguida capacitados a amar o próximo também, dando a todos igual dedicação, igual serviço, igual atenção.
Nós o amamos a ele porque ele nos amou primeiro. (1Jo 4:19)
A Bíblia tece características deste amor, no texto de 1ª. Coríntios 13. Cito aqui suas principais virtudes: o amor quer o bem de todos, o amor fica feliz com a justiça, o amor não é orgulhoso, não busca glória ou dependência, mas ocupa-se com o serviço, isto é, em fazer o máximo para Deus, para a família e para o próximo. E a recompensa do amor é a felicidade que o próprio Espírito Santo gera no coração.
Afinal, Aquele que ama a seu irmão está na luz, e nele não há escândalo. (1Jo 2:10)
Você tem esse amor no seu coração? Você coloca Deus em primeiro lugar de sua vida? A necessidade do próximo incomoda a você? Você está disponvel para os que precisam? Lembre-se que para ter esse gomo do fruto do Espírito é necessário entregar-se a Jesus e deixá-Lo guiar a sua vida. Ele afirmou:
Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus. (Jo 3:3)
Entregue-se a Jesus e nasça de novo, recebendo em seu coração o fruto do Espírito. Cristo em você é a garantia deste amor maravilhoso todos os dias!

Que Deus nos abençoe. 
 

Wagner Antonio de Araújo
02/07/2017
 
(mensagem especialmente preparada para a EBAR - Escola Bíblica do Ar, à convite de sua diretora, irmã Ana Maria Suman Gomes).

Nenhum comentário:

Postar um comentário