Translate

sábado, 8 de julho de 2017

memórias literárias - 468 - DÊ VALOR!

VALOR!

468
 
Um vendedor de bananas ia à feira sempre às quartas, levando poucas caixas com lindos e suculentos cachos de bananas. Ele gritava: "Venham e experimentem! Se gostarem, levem!" Eu, ao vê-lo só e com poucos produtos (geralmente duravam só duas horas), ao lado de outros bananeiros, achava divertido. Porém, ao experimentar de suas bananas, percebi uma doçura formidável, um sabor muito especial. Perguntei o que ele fazia. Disse-me: "senhor, eu valorizo as minhas bananeiras. Eu mesmo as planto. Cuido de cada uma delas. Acompanho a maturação dos cachos. Espanto os mosquitos. Não deixo faltar água. O resultado é esse." Percebi que havia muitas bancas com bananas comuns; mas aquela, de quem tratava as bananeiras com estima e consideração, fornecia as mais saborosas e belas.
 
Podemos ter bananas comuns, maturadas à força em estufas próprias. Elas serão bananas, não temos dúvidas. Mas uma bananeira amada, cuidada, estimada, corresponderá com um toque a mais, com um sabor especial, com um produto diferenciado. Será a retribuição pelo valor dado.
 
Em nossa vida deveríamos seguir o exemplo deste produtor-comerciante, que tratava as bananeiras com valor. Deveríamos entender que tudo o que semearmos haveremos de colher. O resultado do valor será o valor retribuído, senão aqui na terra, lá no céu. E serás bem-aventurado; porque eles não têm com que to recompensar; mas recompensado te será na ressurreição dos justos. (Lc 14:14)
 
Dê valor aos seus pais. Não se dê por satisfeito com um telefonema esporádico, com uma conta paga ou com uma visita anual (no caso de morarem próximos). Dê valor a eles. Ame-os. Estime-os. Faça companhia e esteja presente! Se não forem dignos no seu conceito pessoal, pelo menos criaram a você. E se nem isso, ao menos geraram a sua vida. Ame-os. Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o SENHOR teu Deus te dá. (Ex 20:12)
 
Dê valor à sua esposa. É muito triste que diversos maridos só invistam nisto quando o estrago do desprezo já está feito e a colheita dos muitos anos de desvalorização chega. Se ainda estão juntos, ame e demonstre amor à esposa. Seja gentil. Seja meigo. Seja presente. Dê tempo com qualidade ao lado dela. Faça coisas para ela. Dê presentes, simples e tocantes. Um amor constante e presente tapa todas as brechas que Satanás explora para o adultério, para a prostituição, para os "chats" da internet, para amizades de facebook. Vós, maridos, amai a vossas mulheres, e não vos irriteis contra elas. (Cl 3:19)
 
Dê valor ao seu marido. Conquanto ambos trabalhem para o sustento da casa, Deus deu ao marido a liderança do lar, fazendo da esposa submissa, isto é, compartilhando de sua missão. Com o advento das igualdades, maridos passaram a ser desprezados. Nem sempre ganham o mesmo tanto que as mulheres, sentem-se diminuídos. Esposas, reguem a relação com amor e valor! Amem os seus esposos! Sejam gentis, sejam presentes, correspondam aos afetos, sirvam com alegria, estejam ao seu lado com alegria e determinação. Nenhum marido trocará uma esposa amorosa, honrada, afetuosa e temente a Deus, pelas opções de Satanás. Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao Senhor; (Ef 5:22)
 
Dê valor ao seu pastor. Domingo após domingo ele se dedica a preparar a refeição espiritual para o púlpito de sua igreja. Semana após semana o seu gabinete está aberto para chorar com os que choram e sorrir com os que sorriem. Ele apresenta os bebês, sepulta os idosos, casa os jovens, chora pelos divórcios, batiza os arrependidos, despede os enviados, está sempre presente na vida dos membros. Não deixe para valorizá-lo apenas quando ele estiver de partida, não sentido da membresia nenhuma correspondência em amor em seu ministério. Será tarde demais nesse caso. Se ele ainda estiver em sua igreja, é hora de agradecer-lhe, amar-lhe, estimar-lhe, ter-lhe em estima e dar-lhe atenção. Lembrai-vos dos vossos pastores, que vos falaram a palavra de Deus, a fé dos quais imitai, atentando para a sua maneira de viver. (Hb 13:7)
 
Dê valor aos seus filhos. Eles são dádivas. São empréstimos preciosos, dados por Deus, para que deles cuidemos e de os encaminhemos ao Reino do Senhor. Amá-los é prover tudo o que necessitam; não mimá-los, tornando-os doentios. É dar-lhes a comida, o teto, os cuidados para com a saúde, os estudos, o afeto, o carinho, a consideração. Filhos bem amados não acabam nas rodas de amigos de escola ou nas sargetas do pecado. Drogas são companhias desprezadas por filhos que se sentem amados em casa. Amar é dar atenção, é importar-se e demonstrar valor. E vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na doutrina e admoestação do Senhor. (Ef 6:4)
 
Dê valor a Deus. Ele lhe criou, Ele permitiu o seu crescimento. Ele trouxe-lhe um evangelista que lhe apresentou o plano de salvação. Ele convenceu-o do pecado, da justiça e do juízo e transformou-o em nova criatura, em um salvo e remido pela graça. Ele lhe ajudou nas lutas, nas enfermidades, na conquista do emprego. Agora dê valor a Ele. Não o considere um estorvo ou não lhe dê apenas as sobras do dia, o resto do seu tempo, uma mera oração e uma leiturazinha sem sentido da Palavra dEle. Não vá à igreja só quando há eventos sociais ou só quando em sua agenda não tiver nada melhor para fazer. Honra ao Senhor com o seu melhor, pois Ele já lhe deu o melhor dEle, Ele deu-lhe a salvação! Porquanto tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei; pô-lo-ei em retiro alto, porque conheceu o meu nome. (Sl 91:14)
 
Que tal começar a dar valor às coisas, às pessoas, ao tempo e ao Reino de Deus AGORA?
 
Wagner Antonio de Araújo

09/07/2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário