Translate

segunda-feira, 31 de julho de 2017

memórias literárias - 487 - TÃO PARECIDO ...

TÃO
PARECIDO...

 

 
 
487
 
Linda, maravilhosa, anda na moda e está em todas as mídias. Sorri e faz pose para tirar selfies vibrantes. Posta lindas frases e cita versículos bíblicos. É a queridinha das mídias. Mas não é cristã.
 
Másculo, "bombado", charmoso, está nas capas de produtos de academias de ginástica. Namora duas garotas por quinzena e não promete casamento a nenhuma. Usa uma moto americana e tem tatuagens pelos braços e coxas. Sorri bonito e diz que tudo o que tem recebeu pela fé em Jesus. Mas não é cristão.
 
Canta e encanta. Seus hits estão nas principais emissoras de FM e no youtube. Suas letras são alegres e expansivas. Gravou um cd com música gospel e uma delas tornou-se popular até nos cultos. Assina com uma gravadora internacional e posou para uma rede de motéis. Costuma jogar roupas íntimas nas fãs enlouquecidas dos seus shows. Chora quando canta Mais Perto Quero Estar, citando a mãe. Mas não é cristão.
 
Faz palestras de auto-ajuda. Tornou-se palestrante de encontros de casais. Igrejas fecham hotéis para ouvi-lo, sempre com lucro sólido. Cobra fortunas das empresas que o contratam. Aparece nos programas de auditório da tevê aberta e recentemente fez plásticas. Cita a Bíblia em todas as suas falas. Já traiu, já foi traído e recomenda receitas para um casamento duradouro. Mas não é cristão.
 
Pastoreia uma grande igreja. Seu auditório é eclético. Tem gente que paga ingresso caro só para ouvir uma hora de palestra inteligente e culta, cheia de humor sarcástico. Senta-se com filósofos para discutir teologia. Tem pensamentos universalistas e agrada a gregos e a troianos. A sua denominação o tolera, pois rende muito em eventos de grande porte. Costuma ser polêmico e deixar o conceito de Deus em saias curtas, apontando erros na própria divindade. Mas não é cristão.
 
Que mundo é esse? O que acontece neste século XXI? As pessoas assumiram uma casca cristã, sem o devido conteúdo? Faz-me lembrar o velho guarda-roupa de minha mãe. Há muito ela o encomendara de um marceneiro. O tempo passou. Mamãe morreu. Fomos retirar as suas coisas. Quando enfiamos o dedo na madeira, descobrimos que não havia mais guarda-roupa; os cupins deixaram apenas a casca de fórmica; o miolo fora devorado; só havia pó-de-serra. Parecia um guarda-roupa, mas era uma casca vazia.
 
Assim tem sido o evangelho de hoje. Ouve-se muito versículo bíblico. Citam-se as Escrituras Sagradas. Fala-se muito em Deus, em Jesus Cristo. Usam-se muitas expressões do "crentês composto" : "Eu recebo a bênção", "O sangue de Jesus tem poder"; "Em nome de Jesus"; "A minha vitória Deus já determinou". Mas o conteúdo dos supostos adoradores não é compatível com o evangelho da Bíblia. 
 
Tais cristãos de aparência dizem crer em Cristo. Mas Cristo condenou o adultério. Cristo ensinou a fidelidade conjugal. Os supostos adoradores não têm compromisso familiar; trocam de cônjuge como quem troca de roupas, e dizem: "Foi Deus quem preparou o meu novo parceiro".
 
Eles dizem crer em Cristo, mas participam de festas de idolatria e comungam de pensamentos espíritas e ocultistas. Mantém amuletos, fazem promessas, ensinam simpatias e tomam passes. Nada mais distante do cristianismo, que abomina imagens de quaisquer espécies, que rejeita qualquer amuleto, qualquer simpatia e símbolo ocultista. Tais falsos cristãos chegam a vender amuletos com temática bíblica, como arcas em miniatura, mezuzás, medalhinhas, biblinhas com versículos poderosos, água de Israel ou óleo da unção.
 
O Cristo no qual alegam crer vem de citações das Escrituras, mas não condizem com a imagem completa do Senhor. O Cristo deles só tem a cruz como amuleto, não como morte vicária de quem nos resgatou do pecado. Não há nova vida no Cristo que pregam; o que há é a ostentação de bênçãos e prosperidade, fazendo do Senhor um mero provedor de vitórias. E a maioria dos cristãos incautos caem em suas armadilhas, crendo na suposta fé e partilham toneladas de frases, gifs animados, vídeos e áudios dessa gente sem conteúdo.
 
Como nos posicionarmos? À luz do que Cristo ensinou.
 
Aquele que diz que está nele, também deve andar como ele andou. (1Jo 2:6)
 
Portanto, pelos seus frutos os conhecereis. (Mt 7:20)
 
Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda comais. (1Co 5:11)
 
Porque o reino de Deus não consiste em palavras, mas em poder. (1Co 4:20)
 
Deixemos a ingenuidade dos que crêem em fantasias e em ilusões. Paremos de considerar verdade aquilo que é mero engano, paremos de acreditar em mentiras. E mais: milagres, curas, vitórias, prosperidade ou coisas semelhantes não qualificam ninguém como um crente verdadeiro.
 
 
E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira; (2Ts 2:11)
 
Voltemos ao evangelho.
 
À lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, é porque não há luz neles. (Is 8:20)
 
Wagner Antonio de Araújo

31/07/2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário